Na manhã de 19 de novembro, a Faculdade de Tecnologia do Cooperativismo – Escoop recebeu cerca de 40 representantes do Tocantins. O analista de Cooperativismo e Monitoramento do Sescoop/TO, Magnun da Cruz, apresentou dados sobre o seu estado de origem. “Hoje temos grandes cooperativas migrando do seu estado de origem para outros estados, como o Tocantins”, afirmou.

Segundo o diretor da Escoop, Mário De Conto, 2019 será um ano cheio de desafios. “A Escoop aprovou seu Plano de Trabalho para 2019, que tem como destaques novos cursos de pós-graduação, missões técnicas internacionais focadas em inovação e um curso de mestrado profissional em Gestão e Negócios focado em Cooperativismo, em parceria com a Unisinos”, destacou.

Na abertura, o presidente do Sistema Ocergs-SescoopRS, Vergilio Perius, recepcionou os convidados e apresentou os números da Expressão do Cooperativismo Gaúcho de 2018. “Hoje 5% da população é cooperativista. É pouco! Temos que chegar em 50%”, concluiu o presidente.

Compartilhar: