No dia 1º de outubro a Cooperativa Languiru recebeu a visita de turma de estudantes da Faculdade de Tecnologia do Cooperativismo (Escoop), de Porto Alegre. A atividade integrou aprendizado da disciplina de Estudo de Caso Prático, ministrada pelo professor Ernesto Krug.

Na oportunidade o grupo visitou o Frigorífico de Suínos da Languiru, propriedade de associado, a Indústria de Laticínios, as lojas Agrocenter – Ferragens, Ferramentas, Máquinas e Bazar e Agrocenter – Insumos, além do Supermercado Languiru do Bairro Languiru. A programação ainda contou com saudação do presidente da cooperativa, Dirceu Bayer, e palestra do vice-presidente Renato Kreimeier durante almoço na Associação dos Funcionários da Languiru.

Nas unidades industriais os estudantes conheceram o processo de industrialização, desde a chegada da matéria-prima até a expedição, com destaque para os processos de controle da qualidade, seguido de degustação.

Na propriedade do associado Gilberto Brune, em Linha Clara, com produção de leite e suínos, os estudantes conheceram as instalações e características da propriedade familiar. “Costumo dizer que toda propriedade rural é uma pedra bruta, que deve ser lapidada pelos produtores rurais. Toda propriedade precisa evoluir para aumentar os seus índices de produtividade”, destacou Gilberto, acompanhado do filho Renan.

Pai e filho apresentaram breve histórico da propriedade familiar, enaltecendo a evolução ao longo dos anos em infraestrutura e índices de produção, com detalhamento do processo de sucessão familiar em andamento. “Nossa região é caracterizada por pequenas propriedades rurais, e nesse contexto a eficiência produtiva é essencial para a sustentabilidade das atividades no campo”, frisou Renan.

Segundo Gilberto, a solução para o agronegócio está no cooperativismo. “As cooperativas são a garantia de pagamento pela produção. Sempre fui cooperativista e sinto muito orgulho de participar da Cooperativa Languiru. Os associados têm liberdade e acesso às informações, às pessoas e profissionais de diferentes setores e da direção. Como associados, somos donos da cooperativa”, afirmou o pai.

O professor Krug se disse feliz com os depoimentos da família Brune e extremamente satisfeito com a visão de cooperativismo e trabalho pela sucessão familiar. “As visitas à Languiru e propriedade de associado são muito importantes, principalmente para que os estudantes conheçam outras realidades e o trabalho exemplar desenvolvido pela cooperativa. Com certeza a atividade no campo sobrevive com escala econômica, e vocês estão de parabéns pelo trabalho em prol do desenvolvimento das pequenas propriedades rurais e das comunidades onde a Languiru está presente”, enalteceu, falando ainda da importância do trabalho de assistência técnica e do crédito rural para esse desenvolvimento no campo.

Case de sucesso

O presidente da Languiru, Dirceu Bayer, destacou a atuação da cooperativa nos mercados interno e externo. Também falou das características da pequena propriedade familiar. O vice-presidente Renato Kreimeier proferiu palestra, seguida de apresentação de vídeo institucional da Languiru.

Receberam destaque nas falas da direção a diversidade produtiva, a atuação do círculo de máquinas e o programa de Boas Práticas na Fazenda, que prima pela qualidade dos produtos Languiru desde a origem da matéria-prima na propriedade dos associados.

Compartilhar: